Home Seleção Brasileira Principal Clima em primeiro treino da Seleção Brasileira nos EUA é de confiança

Clima em primeiro treino da Seleção Brasileira nos EUA é de confiança

-

De olho na estreia na competição diante da Argentina, no dia 18, o primeiro trabalho já representou um esboço da equipe que iniciará na partida

A bola rolou para a Seleção Brasileira Feminina! A técnica Pia Sundhage comandou nesta terça-feira,16, o primeiro treino com a equipe em campo, em Orlando, nos Estados Unidos. Com as ausências de Andressa Alves e Valéria, que se apresentaram na noite de terça-feira, a sueca contou com 23 atletas em campo. De olho na estreia no Torneio She Believes diante da Argentina, no dia 18, o primeiro trabalho  já representou um esboço da equipe que estará em campo.

Na primeira atividade, Pia seguiu o roteiro de costume, a prática iniciou com um trabalho de posse de bola, exigindo que as atletas fizessem as ações de apoio e suporte. Já na sua etapa, a sueca dividiu as atletas em dois grupos para um coletivo de 11 x 11, já de olho na equipe que entrará em campo diante da Argentina.

Clima em primeiro treino da Seleção Brasileira nos EUA é de confiança - Olimpia Sports
Seleção Brasileira faz primeiro treino nos Estádios Unidos para torneio She Believes | Foto: Sam Robles/CBF

Atleta com o maior número de jogos e convocações com Pia, no total 13 partidas, a atacante Debinha projetou o que espera da Seleção Feminina no Torneio She Believes. Na competição, o Brasil enfrentará as seleções da Argentina, no dia 18 de fevereiro, Estados Unidos, no dia 21, e finalizando a participação diante do Canadá, no dia 24. Todas partidas serão disputadas no Explore Stadium, em Orlando, e contarão com transmissão ao vivo do SporTV.

Clima em primeiro treino da Seleção Brasileira nos EUA é de confiança - Olimpia Sports
| Foto: Daniela Porcelli / CBF

“Indiferente se é a seleção dos Estados Unidos, Canadá ou Argentina, a gente está com espírito de vitória, e tendo a Pia que já comandou a seleção dos Estados Unidos é um ponto positivo pra gente, ela conhece bem. Eu também conheço muitas jogadoras por jogar aqui na liga e, no geral, todo mundo conhece os Estados Unidos e será um jogo muito duro. A gente está se preparando e dando o nosso melhor dia a dia pra gente conseguir conquistar esse torneio. Esses são os jogos mais próximos do que pode acontecer nas Olimpíadas, e accho que dará um parâmetro do nível que a gente está. Será um balanço bem positivo”, destaca Debinha. 

Comentários

- Advertisment -Clima em primeiro treino da Seleção Brasileira nos EUA é de confiança - Olimpia Sports

Últimas Notícias