Home Futebol Masculino Opinião: A dor do fracasso não pode durar para sempre, futebol é...

Opinião: A dor do fracasso não pode durar para sempre, futebol é magia

-

Não tenho muito do que reclamar, sempre me orgulhei muito do meu time. Como é de praxe, comecei a minha vida de torcedora assistindo ao futebol masculino. Naquele tempo nem se pensava em passar a mulherada chutando uma bola na televisão. Eu joguei bola na adolescência e sonhava em um dia ser profissional, mas sem nem me dar conta da invisibilidade do futebol feminino. O que foi bom, na verdade, eu não sofri. Não fui jogadora, escolhi o jornalismo. Foi natural, eu fui estudando, estudando, fazendo escolhas e quando me dei conta já trabalhava em redação.

O futebol seguiu vivo dentro de mim. Lutei, lutei até trabalhar com isso e poder escrever sobre as mulheres que vivem de jogar bola. Meu foco é exaltar as mulheres e o quanto elas são capazes e responsáveis quando são futebolistas profissionais. Isso não me impediu de acompanhar na última terça-feira, 25, o Internacional deixar escapar o campeonato Brasileiro. No entanto, apesar da dor e da tristeza desta verdade, eu não posso ignorar o grande campeonato que o meu time fez. Perdeu grandes jogadores durante a temporada, veio a pandemia, precisou se reinventar com a saída de um treinador que ia muito bem, foi eliminado de duas competições depois disso, a revitalização do trabalho do Abel Braga foi triunfante, apesar de não ter sido consagrado com um título.

Doeu? Eu posso dizer que dói ainda… fisicamente. A noite foi mal dormida, o sentimento de fracasso e injustiça veio e foi embora. Veio de novo e me abandonou outra vez. Ser uma apaixonada por futebol, seja ele feminino ou masculino, é ter esta oscilação constante, mas mais importante que isso, é o prazer de saber que se a derrota foi uma dor que uma hora cura, as conquistas são alegrias inenarráveis e inesquecíveis. Elas florescem dentro de mim mesmo quando estou com dor por um revés. As vitórias são argumentos que aquecem o meu coração e me motivam a esperar pela próxima partida, pelo próximo campeonato e pela conquista do próximo título.

A temporada de 2020 acabou. O Inter, que dependia só de si, não conseguiu o gol que precisava e acabou entregando a taça para o adversário. É do futebol. Não é uma ciência exata, não há certezas… e a emoção está nisso. O importante é que lutamos, sentimos, amamos, sofremos e agora é bola pra frente.

A magia do futebol. Ahhh, essa loucura. A magia é a certeza de que apesar das derrotas, sempre haverão mais oportunidades e as chances de vencer se renovam. Lá no fim, a balança sempre pesa mais para o lado das alegrias. Basta escolher sempre o melhor ponto de vista.

Que venha a temporada 2021.

Comentários

- Advertisment -Opinião: A dor do fracasso não pode durar para sempre, futebol é magia - Olimpia Sports

Últimas Notícias