Home Champions League Opinião: PSG e a vitória que decreta o fim de uma era...

Opinião: PSG e a vitória que decreta o fim de uma era no Futebol Feminino europeu

-

PSG venceu o Lyon por 2 a 1 no fim de semana e garantiu vaga na semifinal da Champions League Feminina 2021

Nesta terça-feira, 20, o canal no Youtube do Paris Saint-Germain postou um vídeo que me deixou emocionada. Nele, dá para ver os bastidores da partida entre Lyon e PSG pela Champions League Feminina. A razão da minha emoção é ver que existe, sim, um futebol feminino sendo valorizado no mundo e um time GIGANTE que dá atenção às categorias femininas, mesmo tento uma categoria masculina forte e competitiva.

Claro que eu estou falando de um time que têm um dono multimilionário e que tem outras fontes de renda que são independentes do futebol. Nasser Al-Khelaïfi é ex-jogador de tênis, CEO da Qatar Sports Investments, presidente da Federação de Tênis Qatar e vice-presidente da Asian Tennis Federation, além, é claro, de ser o presidente do Paris Saint-Germain.

Nasser foi o responsável por tirar Neymar do Barcelona e levar o PSG na última temporada, depois de inúmeros investimento praticamente incalculáveis para seres humanos normais, à uma final de Champions League. O time masculino já garantiu vaga nas semifinais da competição continental masculina deste ano e no último domingo, o time feminino do PSG fez história!

Não foi qualquer história, as jogadoras do PSG conseguiram passar às semifinais depois de vencerem o Lyon. Nada mais, nada menos, do que as campeãs das últimas 5 (C-I-N-C-O) temporadas da Champions League Feminina e que estavam invictas há 80 jogos nesta competição. Definitivamente o time de futebol feminino mais bem sucedido do mundo! Ao todo, elas têm 7 títulos continentais.

O Lyon é quem manda no futebol feminino europeu e francês. Elas ganharam as últimas 14 edições no nacional e o PSG começou a investir na categoria há pouquíssimo tempo. Luana e Formiga são as brasileiras do grupo. A primeira saiu lesionada da partida de ida contra o Lyon. Já Formiga renovou contrato até 2021 para seguir em forma para as Olimpíadas, onde, dizem as más línguas, será a despedida da lenda do futebol brasileiro. Atualmente, aos 43 anos, ela é titular do time profissional feminino do PSG.

No vídeo divulgado pelo clube hoje dá para ver que as meninas são valorizadas, têm os padrões europeus de treinamento, alojamento e viagem e, além disso, jogam no estádio principal do time que defendem. Elas também são donas do Parc des Princes.

Infelizmente estamos longe disso aqui no Brasil, mas estamos a passos miúdos caminhando na direção certa, acredito eu. Espero estar viva para ver o futebol feminino valorizado e prestigiado pelos brasileiros. Quem sabe até uma Libertadores da América com times nivelados por cima e com qualidade técnica. Quero sonhar com um futuro onde uma mulher decidir que quer jogar futebol não seja loucura ou loteria. Categorias de base feminina em todos os clubes da Série A e B e, quem sabe, torcidas organizadas com bandeiras personalizadas e com mais diversidade.

Comentários

- Advertisment -Opinião: PSG e a vitória que decreta o fim de uma era no Futebol Feminino europeu - Olimpia Sports

Últimas Notícias