Home Futebol Internacional apresenta camisa comemorativa aos 30 anos da primeira Copa do Mundo...

Internacional apresenta camisa comemorativa aos 30 anos da primeira Copa do Mundo Feminina

-

No dia nacional do futebol, O Sports Club Internacional lançou uma camiseta alusiva aos 30 anos da disputa da primeira Copa do Mundo Feminina de Futebol. A primeira competição ocorreu em 1991, e de lá para cá a modalidade tem lutado para conquistar espaço no coração dos fãs do futebol. “O Clube do Povo e a adidas se uniram para apresentar uma camisa especial que reafirma todas as conquistas do futebol feminino”, disse o Inter em nota oficial no site do clube. A camisa está disponível no site e nas lojas do clube. De cor cinza, o manto conta com o escudo do Internacional no lado esquerdo do peito, e com as três listras no direito e um patch comemorativo entre os dois logos.

Internacional apresenta camisa comemorativa aos 30 anos da primeira Copa do Mundo Feminina - Olimpia Sports
Roseli, atacante da Seleção Brasileira nos anos 90, foi escolhida para apresentar manto | Foto: Divulgação / Internacional

“O lançamento também lembra a força e a garra das mulheres que ajudaram e ajudam a ampliar e pavimentar o caminho no esporte, quebrando estigmas e preconceitos em um meio ainda tão machista quanto o do futebol. O manto traz essa força através de detalhes como um badge especial que leva o número 30 e uma mulher com a bola no pé, demonstrando todo o seu poder”, completa o texto do clube.

Para a apresentação da camiseta, o Inter chamou uma das jogadoras mais icônicas da Seleção Brasileira: Roseli, a atacante dos gols bonitos, como era conhecida. Além dela, uma das estrelas do futebol feminino do Internacional também foi modelo para a camisa comemorativa: Mileninha, a segunda maior artilheira do time no Brasileirão 2021, com 5 gols, atrás apenas de Fabi Simões, que tem 6 gols na competição.

Uma história de resistência

Segundo o Internacional, “homenagear a data é dar o devido reconhecimento e visibilidade à trajetória do futebol feminino no Brasil e no mundo”. No Brasil, a modalidade ganhou o coração e os pés de mulheres que jogavam em áreas periféricas e escondidas dos grandes centros urbanos, mas que, logo em 1941, foram proibidas por decreto federal. A resistência ocorreu por meio de treinos e partidas clandestinas até a liberação total, quase 40 anos depois, em 1979.

Um primeiro torneio experimental reuniu seleções de 12 países em 1988, com o time brasileiro entrando em campo com as roupas que sobravam dos elencos masculinos. Em 1991, a primeira Copa do Mundo finalmente aconteceu. De lá para cá, o futebol feminino derrubou tabus e preconceitos, formou referências e ganhou mais estrutura. Até hoje, porém, a modalidade esbarra em percalços comuns a todas as mulheres – tanto em suas vidas pessoais quanto profissionais.

Internacional apresenta camisa comemorativa aos 30 anos da primeira Copa do Mundo Feminina - Olimpia Sports
Foto: Divulgação / Internacional

O machismo do meio futebolístico ainda parece ser o principal obstáculo para a equiparação da modalidade feminina. Não importa a qualidade dos times ou seus esforços para abrirem mais caminhos e espaços diante da grandeza do seu esporte, equidade e reconhecimento seguem em falta. É por isso que comemorar essas três décadas significa fortalecer cada vez mais a luta por maior visibilidade para elas no futuro.

Comentários

- Advertisment -Internacional apresenta camisa comemorativa aos 30 anos da primeira Copa do Mundo Feminina - Olimpia Sports

Últimas Notícias