Home Goalball Seleção masculina de goalball goleia a atual campeã paralímpica na estreia dos...

Seleção masculina de goalball goleia a atual campeã paralímpica na estreia dos Jogos de Tóquio

-

Por 11 x 2, time brasileiro passa com folga pelo primeiro teste no Japão e ganha confiança na busca pelo título inédito

A seleção brasileira de goalball sobrou na estreia nos Jogos de Tóquio, nesta terça-feira (24), na arena Makuhari Messe Hall. A equipe nacional venceu a Lituânia, atual campeã paralímpica, por 11 a 2.

“Certamente é um degrau de cada vez. A gente sempre pensa jogo por jogo. Cada jogo é uma final. A gente quer sair campeão, mas se não pensar assim acaba se perdendo no meio do caminho e não é o que a gente quer. Queremos evoluir dentro da competição como fizemos na nossa preparação”, destacou Romário, artilheiro da partida, com quatro gols. Leomon Moreno anotou outros três.

Além de Brasil e Lituânia, compõem o grupo A os Estados Unidos, prata nos Jogos Rio 2016, o anfitrião Japão, além da campeã africana, a Argélia. Na outra chave estão Alemanha (campeã europeia e vice mundial), Bélgica, China (campeã asiática), Turquia e Ucrânia.

“A gente sempre pensa jogo por jogo. Queremos sair campeões, mas se não pensarmos assim acabamos nos perdendo no meio do caminho. Queremos evoluir dentro da competição como fizemos na nossa preparação”

Romário, autor de quatro gols

Nas próximas rodadas, o Brasil enfrenta os Estados Unidos, na quinta-feira (26.08), a partir de 1h15, a Argélia, na sexta-feira (27.08), às 8h30, e o Japão, no sábado (28.08), às 21h, sempre no horário de Brasília. Se avançar na competição, as quartas de final serão disputadas no dia 31.08 e as semifinais no dia 02.09. Já a disputa pelo bronze e grande final estão marcados para 3 de setembro.

O jogo

Já na primeira parcial o Brasil abriu vantagem de 4 x 1. Na segunda etapa, a hegemonia foi ainda maior. Já nos primeiros três minutos, a seleção marcou mais três gols, todos do camisa 5, Josemárcio Sousa, da classe B3. “A gente conseguiu ter êxito nas cobranças de penalidades por ter uma defesa sólida. Quanto mais a gente defende no goalball, facilita para a outra equipe errar. Então, conseguimos converter as penalidades e fechar defensivamente”, avaliou o atleta, conhecido como ‘Pará’. Dos 11 gols brasileiros, cinco foram marcados em cobranças de penalidades. Também marcou pelo Brasil o camisa 9, Emerson Silva, da classe B3. Marius Zibolis, número 8, completou o placar pelos europeus.

Um clássico 

Os confrontos entre Brasil e Lituânia são históricos em grandes competições do goalball. O time europeu conquistou o ouro nos Jogos Rio 2016, enquanto a seleção brasileira foi bronze na mesma edição.

Em 2014, no mundial da modalidade na Finlândia 2014, quando a equipe nacional masculina conquistou seu primeiro título internacional, os brasileiros derrotaram os rivais, que eram os então campeões mundiais, nas semis, por 14 x 4. 

Já no Mundial da Suécia 2018, outro duelo decisivo pelas semifinais, com a Lituânia tendo o status de então campeã paralímpica [em 2016]. O jogo terminou empatado em 6 x 6 e foi decidido no gol de ouro — convertido pelo Brasil. 

Já em 2019, na campanha do bicampeonato do Intercup de goalball, também realizado na Suécia, a seleção voltou a superar a Lituânia, desta vez por 9 x 6. A equipe masculina brasileira busca o ouro inédito na modalidade, após conquistar a prata em Londres 2012 e o bronze no Rio 2016.

“A Lituânia é uma equipe que tem tradição no goalball e estrear contra eles com esse placar nos dá confiança e deixa um recado para algumas equipes. Sabemos que vai ser difícil. Mas, se Deus quiser, faltam seis jogos para conseguir nosso grande sonho, que é ser campeão paralímpico”, disse Leomon.

Comentários

- Advertisment -Seleção masculina de goalball goleia a atual campeã paralímpica na estreia dos Jogos de Tóquio - Olimpia Sports

Últimas Notícias