HomeJogos Paralímpicos de InvernoComitê Organizador dos Jogos Paralímpicos de Inverno divulga medalhas de Pequim 2022

Comitê Organizador dos Jogos Paralímpicos de Inverno divulga medalhas de Pequim 2022

-

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022 divulgou na terça-feira, 26, as imagens das medalhas que serão entregues aos atletas vencedores durante as disputas na neve na China, entre os dias 04 e 13 de março de 2022. 

As medalhas de ambas as competições foram desenvolvidas com o mesmo conceito e utilizaram o mesmo design. Todas levarão o nome de “Tong Xin” que, na cultura chinesa, significa “a união do céu, da terra, e dos corações das pessoas”, segundo o Comitê Organizador.

A parte da frente das medalhas contém os Agitos (tradicional símbolo dos Jogos Paralímpicos) e com a frase “Jogos Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022” em letras gravadas em braille (sistema de escrita tátil).

Já na parte de trás das medalhas foi desenhado o logotipo da competição e o nome do evento em chinês gravado ao redor. O verso ainda contará com a modalidade em que o atleta foi medalhado. 

Medalhas Jogos Olímpicos de Inverno Pequim 2022 | Foto: Reprodução/IPC
Medalhas Jogos Paralímpicos de Inverno Pequim 2022 | Foto: Reprodução/IPC

O design da caixa que envolverá a medalha também foi divulgado. O artigo terá uma fita vermelha de seda das folhas da amoreira, tradição no Festival da Primavera chinês e que representa “cumprimentos calorosos” ao atletas.

Na última semana, o Brasil conquistou mais duas vagas por meio de convites bipartite para os Jogos Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022. Os atletas contemplados foram Wesley Vinícius dos Santos no Para Cross Country e André Barbieri no Para Snowboard (com participação em ambas as provas, Banked Slalom e Snowboard Cross, nos Jogos).

Desta forma, o Brasil aumenta seu recorde de participação nos Jogos Paralímpicos, totalizando agora seis vagas para o megaevento, com quatro vagas no cross country masculino, uma vaga no cross country feminino e uma vaga no snowboard. 

Com a conquista de seis vagas, o país dobra seu o recorde anterior, que ocorreu na participação dos Jogos Paralímpicos de Inverno de 2018 realizados em PyeongChang, na Coreia do Sul.

Comentários

- Advertisment -spot_img

Últimas Notícias