Home História CBF celebrará os 30 anos da Primeira Copa do Mundo FIFA de...

CBF celebrará os 30 anos da Primeira Copa do Mundo FIFA de Futebol Feminino

-

vento na Granja Comary, em Teresópolis (RJ) , fará homenagens às pioneiras que defenderam o Brasil no Torneio Experimental da FIFA, em 1988, no Mundial e Sul-Americano, ambos em 1991

A Confederação Brasileira de Futebol irá homenagear as atletas que integraram a Seleção Brasileira de Futebol Feminino na disputa do Primeira Copa do Mundo de Futebol Feminino FIFA. No ano em que se celebra a marca dos 30 anos de história, o evento irá reunir, nos dias 19 e 20 de novembro, na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), a geração de pioneiras para dois dias de celebrações.

O encontro resgata e enaltece a história de mulheres pioneiras na modalidade, que ousaram jogar bola em um período que o futebol era proibido por lei. Entre as homenageadas, estão as atletas que defenderam o Brasil nos anos de 1988 a 1991, período que corresponde a disputa do Torneio Experimental FIFA de Futebol Feminino 1988, o Campeonato Sul-Americano 1991 e o Mundial de 1991. Além das ex-jogadoras, também serão celebradas personalidades que contribuíram para o desenvolvimento da modalidade.

30 anos da Primeira Seleção Brasileira de Futebol Feminino Créditos: Acervo Pessoal

Ex-atletas da Seleção Feminina e, atualmente, Coordenadoras de Futebol Feminino da CBF, Aline Pellegrino e Duda Luizelli, exaltaram o reconhecimento de uma geração que abriu espaço para que outras mulheres pudessem sonhar com a carreira nos gramados.

“Nada mais justo a gente, que conhece a história do futebol feminino de anos de luta e resiliência, reconhecer as nossas pioneiras do futebol feminino. É com uma alegria imensa que a CBF homenageia essas meninas que começaram nesse esporte que a gente ama tanto que é o futebol feminino”, declarou Duda Luizelli.

“Quando a gente tem a condição de ver esse evento acontecendo, esse resgate histórico das pioneiras, depois de 30 anos, e poder dar visibilidade que a minha geração, em 2007, teve um pouquinho, a da Duda teve menos, você pode resgatar e dar visibilidade às pioneiras que realmente viveram a proibição, que jogaram escondido. São esses momentos que vão dizer muito sobre as conquistas que vamos ter daqui pra frente, tanto em competições quanto em Seleções. Porque eu acho que é um momento que está todo mundo junto, a gente consegue olhar para frente e ter colocado todo mundo dentro do mesmo barco e quem começou essa história foram as pioneiras,” comentou Aline Pellegrino.

30 anos da Primeira Seleção Brasileira de Futebol Feminino Créditos: Acervo Pessoal

Copa do Mundo FIFA China 1991

No dia 17 de novembro de 1991, o Brasil estreou na competição diante do Japão e venceu por 1 a 0, com gol da zagueira Elane aos 4 minutos do primeiro tempo. Na segunda rodada, a Seleção foi superada pelo placar de 5 a 0 contra os Estados Unidos, que se tornaria, posteriormente, o campeão daquela edição do torneio. Na última rodada, o compromisso foi diante da Suécia. Entre as estrelas do elenco adversário estava a atual técnica do Brasil, Pia Sundhage. Na ocasião, melhor para as europeias, que venceram por 2 a 0 e interromperam a trajetória brasileira em seu primeiro campeonato oficial.

As convocadas de 1991: Meg, Miriam, Marisa, Fanta, Elane, Nalvinha, Danda, Solange, Marcia Tafarel, Pelezinha, Marcia Honório, Fia, Cenira, Pretinha, Roseli, Adriana e Dai.

30 anos da Primeira Seleção Brasileira de Futebol Feminino Créditos: Acervo Pessoal

Torneio Experimental de Futebol Feminino 1988

O Torneio Experimental de Futebol Feminino 1988 foi o primeiro grande passo para a Copa do Mundo Feminina FIFA 1991. Cinco anos após a regulamentação do futebol feminino no país, o Brasil conquistou um honroso terceiro lugar.

A estreia da Seleção foi no dia 1º de junho diante da Austrália, no jogo um revés por 1 a 0. Na segunda rodada, o Brasil se recuperou e derrotou a Noruega por 2 a 1. O último compromisso que sacramentou a classificação para a fase mata-mata foi contra a Tailândia, quando a Canarinho goleou as rivais por 9 a 0.

Nas quartas de final, o Brasil venceu a Holanda por 2 a 1 e assegurou sua sobrevivência na competição. Já nas semifinais, a Seleção reencontrou a Noruega, a qual já havia vencido na Fase de Grupos. No entanto, no duelo mata-mata, as europeias levaram a melhor por 2 a 1 e avançaram para a decisão.

Na disputa do terceiro lugar, a Canarinho mediu forças diante sas donas da casa, as chinesas. Após empate sem gols com a bola rolando, a decisão foi para as penalidades. Na marca da cal, o Brasil levou a melhor e conquistou a medalha de bronze ao superar a China por 4 a 3. O título do Torneio Experimental de Futebol Feminino 1988 ficou com a Noruega, que derrotou a Suécia na final, por 1 a 0.

As convocadas de 1988: Lica, Simone, Marisa, Fanta, Suzana, Elane, Suzy, Sandra, Lucia, Pelezinha, Marcinha, Fia Paulista, Russa, Sissi, Cebola, Roseli, Michael Jackson e Flordelis.

Lista de convocadas: 

Goleiras

Lica (In memoriam)
Simone (In memoriam)
Meg
Miriam

Laterais

Marisa
Fanta
Suzana 
Rosa

Zagueiras

Elane 
Suzy
Sandra
Solange (Soró)
Dai

Meio-campistas

Lúcia Feitosa (Lucy Alves)
Pelezinha
Marcinha
Fia Paulista
Fia Carioca 
Russa
Sissi
Márcia Taffarel
Cenira
Danda

Atacantes

Cebola
Roseli
Michael Jackson 
Flordelis
Adriana
Nalvinha
Pretinha

Comentários

- Advertisment -CBF celebrará os 30 anos da Primeira Copa do Mundo FIFA de Futebol Feminino - Olimpia Sports

Últimas Notícias