Home Basquete Clarissa dos Santos e Fabrício Veríssimo são eleitos os melhores do ano...

Clarissa dos Santos e Fabrício Veríssimo são eleitos os melhores do ano no basquete no Prêmio Brasil Olímpico

-

Clarissa dos Santos foi bronze com o Brasil na AmeriCup

O Comitê Olímpico do Brasil divulgou na quinta-feira, 11, os vencedores do Prêmio Brasil Olímpico (PBO) em 2021. No basquete, Clarissa dos Santos levou a melhor no 5×5 e Fabrício Veríssimo foi o eleito no 3×3. O processo para a escolha dos indicados a Melhor Atleta do Ano e dos melhores das modalidades foi realizada por um colégio eleitoral formado por jornalistas, dirigentes, Comissão de Atletas do COB, patrocinadores, ex-atletas e personalidades do esporte. O PBO será no dia 7 de dezembro, em cerimônia no Teatro Tobias Barreto, em Aracaju (SE).

“Como atleta é sempre legal qualquer reconhecimento. Pelo nosso trabalho. Tento sempre dar o meu melhor no dia a dia e as coisas acontecem. Uma premiação legal como essa. Estou muito feliz, é gratificante. Só tenho que agradecer a Deus por me dar oportunidade de fazer o que amo e me dar oportunidades. E o time tem esse mérito, coletivo. O basquete é 100% a galera toda. Continuar trabalhando para conseguir mais coisas legais”, disse Clarissa dos Santos.

“Sensação é única. Estava deitado, acabei de chegar do treino.  E recebi um monte de mensagem que fui eleito o melhor da modalidade. Primeiro, agradecer a Deus. Sem ele, nada disso teria acontecido na minha vida. Desde 2015, quando fui MVP do Mundial de base, e depois em 2019, subimos no pódio em Doha. Temos apresentado um crescimento. Ser grato ao Douglas (técnico), Thiago (preparador físico da CBB), Chico (gerente de desenvolvimento CBB), meus companheiros, família, que estão me apoiando”, contou Fabrício Veríssimo.

Neste ano, Clarissa dos Santos foi bronze com o Brasil na AmeriCup disputada em Porto Rico e também esteve no quinteto ideal da competição. Já Fabrício Veríssimo foi um dos grandes nomes do Pré-Olímpico de Graz, na Áustria, quando o Brasil fez grande campanha e por muito pouco não se classificou para Tóquio 2020 na estreia da modalidade em Jogos Olímpicos.

“Pela primeira vez no Nordeste, o Prêmio Brasil Olímpico celebrará a melhor campanha da história do país em Jogos Olímpicos. Tenho certeza de que será uma grande festa em homenagem aos atletas, técnicos e a todos que contribuíram para esse resultado memorável em Tóquio”, afirmou o presidente do COB, Paulo Wanderley.

O Prêmio Brasil Olímpico 2021 terá outras premiações, como a homenagem ao “Melhor Técnico” e a entrega do Troféu Adhemar Ferreira da Silva, destinado a personalidades do esporte que representem os valores que marcaram a vida e a carreira do saltador, como ética, espírito coletivo, eficiência técnica e física, respeito ao próximo e companheirismo. As novidades ficam por conta da criação de outras duas premiações: o Troféu TIM Transforma, para projetos que transmitam os Valores Olímpicos, e o Troféu Inspire, uma homenagem da Riachuelo às mulheres de destaque no Movimento Olímpico do Brasil.

Comentários

- Advertisment -Clarissa dos Santos e Fabrício Veríssimo são eleitos os melhores do ano no basquete no Prêmio Brasil Olímpico - Olimpia Sports

Últimas Notícias