HomeJogos Pan-americanosBrasil termina em 1º lugar no Pan-Americano de Cali e conquista 77...

Brasil termina em 1º lugar no Pan-Americano de Cali e conquista 77 vagas para o Pan de Santiago

-

No último dia de competições, Giovani Salgado (karatê) e a seleção feminina de vôlei asseguraram seus lugares no Pan adulto

O Brasil se despede dos Jogos Pan-americanos Júnior Cali 2021 com diversos motivos para comemorar. Se as 164 medalhas e a liderança no quadro geral já seriam razões para celebrar a campanha no evento, as 77 vagas conquistadas para os Jogos Pan-Americanos Santiago 2023 atestam o sucesso da campanha brasileira na Colômbia. 

“A conquista destas vagas é muito importante, pois a classificação antecipada permite aos atletas e às confederações fazer uma preparação mais cuidadosa, sem o desgaste de ter que competir em provas classificatórias”, disse o Chefe de Missão em Cali, Marco La Porta.

Mesmo com uma delegação menos numerosa que Colômbia e México, o Time Brasil mostrou um aproveitamento impressionante. Das 38 modalidades em que estava inscrito, conquistou ao menos uma medalha em 35. Ao todo, foram 59 ouros, 49 pratas e 56 bronzes.

Maiores medalhistas do Pan Júnior, os nadadores Stephanie Balduccini (7 ouros) e Breno Correia (5 ouros e 1 prata) já estão garantidos em duas provas cada: 50m e 100m livre para a jovem de 17 anos, e 100m e 200m livre no caso do porta-bandeira do Brasil na Cerimônia de Abertura de Cali 2021. Mesma situação de Guilherme Abel Rocha, da patinação velocidade, nos 200m contra o relógio e nos 500m.

Ao todo, 14 modalidades já garantiram seu lugar em Santiago 2023: atletismo, ginástica de trampolim, ginástica rítmica, handebol, judô, karatê, natação, patinação velocidade, skate, taekwondo, triatlo, vôlei, vôlei de praia e wrestling.

Confira abaixo a lista de vagas confirmadas:

Vagas nominais (35)

Atletismo (7): Isabel Quadros (salto com vara), Mirelle Leite da Silva (3.000m com obstáculos), Chayenne da Silva (400m com barreiras), Erik Felipe (100m), José Ferreira Santana (decatlo), Pedro Henrique Rodrigues (lançamento do dardo) e Alencar Chagas (lançamento do martelo)

Ginástica Rítmica (1): Maria Eduarda Alexandre (individual geral)

Ginástica de Trampolim (1): Rayan Dutra (individual)

Judô (5): Aléxia Nascimento (48kg), Luana Carvalho (70kg), Eliza Ramos (78kg), Gabriel Falcão (73kg) e Kaio Santos (100kg)

Karatê (2): Bárbara Rodrigues (68kg) e Giovani Salgado (acima de 84kg)

Natação (12): Stephanie Balduccini (50m livre e 100m livre), Ana Carolina Vieira (200m livre), Maria Paula Heitmann (400m livre), Clarissa Rodrigues (100m borboleta), Beatriz Dizotti (1.500m livre), Breno Correia (100m e 200m livre), Victor Alcará (50m livre), Pedro Farias (1.500m livre), Kayky Mota (100m borboleta) e Matheus Gonche (200m borboleta)

Patinação velocidade (2): Guilherme Abel Rocha (200m contra o relógio e 500m)

Skate (2): Pâmela Rosa e Lucas Rabelo

Taekwondo (1): Sandy Macedo (57kg)

Triatlo (1): Miguel Hidalgo

Vagas do país (42)

Handebol (14): masculino
Vôlei (24): feminino e masculino
Vôlei de praia (4): dupla feminina e dupla masculina
Wrestling (1): greco-romana (97kg)

Comentários

- Advertisment -spot_img

Últimas Notícias