Home Seleção Brasileira Sub-17 Em reencontro, Seleção Feminina Sub-17 goleia o Uruguai por 5 a 0

Em reencontro, Seleção Feminina Sub-17 goleia o Uruguai por 5 a 0

-

Após empate em 1 a 1 na primeira partida, comandadas pela técnica Simone Jatobá venceram as uruguaias por 5 a 0 com gols de Ana Beatriz, Aline (2x), Dudinha e Alice

Seleção Feminina Sub-17 fechou os amistosos diante do Uruguai com chave de ouro. Após o empate em 1 a 1, na sexta-feira, 17, no Estádio Charrua, em Montevideú (URU), as comandas da técnica Simone Jatobá venceram as donas da casa por 5 a 0. Os tentos brasileiros foram anotados por Ana Beatriz, Aline (2x), Dudinha e Alice. 

No segundo jogo oficial do novo clico da categoria, as jogadoras deixaram o nervosismo de lado e empregaram o bom futebol brasileiro em campo. A vitória foi construída ainda no primeiro tempo, aos 5 min, Ana Beatriz recebeu livre entre as duas zagueiras uruguaias e só teve o trabalho de mandar para o fundo da rede.

Não demorou para que Aline ampliasse, aos 23 min da etapa inicial. A camisa 7 do Brasil recebeu a bola na entrada da área, driblou a defesa uruguaia, inclusive, a goleira, e mandou para o fundo do gol. Apesar da vantagem no primeiro tempo, a equipe queria mais e, assim, o Brasil voltou a encontrar o caminho do gol.

Aos 30 min, Aline anotou novamente mais um e, desta vez, um golaço. De fora da área, chutou no ângulo, sem chances para a goleira adversária. Sete minutos depois foi a vez de Dudinha marcar. A atacante partiu em velocidade, deixou a defesa pra trás, e colocou a bola no fundo do gol. O placar ficou completo com o tento de Alice, já nos minutos finais, aos 44 min. A goleira deu rebote, e a camisa 9 só teve o trabalho de empurrar pra dentro. 

Após a goleada diante do Uruguai, a técnica Simone Jatobá avaliou os primeiros compromissos oficiais da Seleção Feminina Sub-17, e destacou os aspectos positivos que tira dos dois compromissos projetando o Sul-Americano da categoria, em março de 2022.

“O primeiro jogo foi de conhecimento, assusta um pouco a camisa da Seleção Brasileira, mas depois que passa o primeiro impacto a gente consegue ver a desenvoltura e leveza e, assim, as coisas acabaram saindo. Temos muito o que trabalhar, mas para um primeiro momento o que a gente estava buscando era conhecimento, estabilidade e, aos poucos, a gente vai chegando. Então, temos muito no que trabalhar ainda, mas pelo momento, iremos finalizar o ano felizes”, destacou.

Comentários

- Advertisment -Em reencontro, Seleção Feminina Sub-17 goleia o Uruguai por 5 a 0 - Olimpia Sports

Últimas Notícias