HomeNataçãoPrimeiro dia de Troféu Brasil de natação tem cinco índices para o...

Primeiro dia de Troféu Brasil de natação tem cinco índices para o Mundial de Budapeste

-

Principal destaque foi Jhennifer Conceição, que estabeleceu um novo recorde brasileiro nos 100m peito

Jhennifer Conceição foi o grande destaque do primeiro dia de Campeonato Brasileiro Absoluto – Troféu Brasil de Natação, realizado no Parque Aquático Maria Lenk, dentro do Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro. A atleta do Pinheiros (SP) garantiu, em uma só prova, o índice para o Mundial e o recorde brasileiro nos 100m peito.

Jhennifer deu a volta por cima em grande estilo. Depois de ficar fora dos Jogos Olímpicos em Tóquio, a atleta carimbou o passaporte para Budapeste, na Hungria, com 1min07s12. Ana Carolina Vieira, também do Pinheiros, foi a vice-campeã com 1min08s30. Pamela Alencar, do Flamengo, completou o pódio com 1min09s23.

“Depois de ficar fora dos Jogos Olímpicos, não tive muito tempo para colocar a cabeça no lugar. Só me dediquei ao máximo e a recompensa veio hoje. Estou feliz com o resultado e na expectativa por esse Mundial”

Jhennifer Conceição

“Depois de ficar fora dos Jogos Olímpicos, não tive muito tempo para colocar a cabeça no lugar. Só me dediquei ao máximo e a recompensa veio hoje. Estou feliz com o resultado e na expectativa por esse Mundial”, disse Jhennifer.

Os 400m livre também terminaram com quebra de recorde e índices para o Mundial. Guilherme Costa, com 3min47s42, estabeleceu a nova marca da competição para garantir vaga no Mundial. Medalhista olímpico nos 200m livre, Fernando Scheffer, com 3min48s13, também nadará essa prova em Budapeste.

“É a prova que eu mais treinei para chegar aqui e nadar bem. Não é minha melhor marca, mas foi bom diante dos problemas de saúde que tive no ano passado. Bom ter essa possibilidade para nadar em Budapeste”, afirmou Scheffer.

O dia teve início com uma vaga para uma estreante. Com 4min16s44, Stephan Steverink, do Flamengo, alcançou a primeira vaga na seleção absoluta para um Mundial de Esportes Aquáticos. Brandonn Almeida, da Unisanta, terminou na segunda colocação e Leonardo Santos completou o pódio com a medalha de bronze.

“Não consigo expressar minha felicidade. Há muito tempo que venho tentando fazer a prova perfeita e agora saiu. É meu primeiro Mundial absoluto. Uma felicidade muito grande”, disse.

Na sequência, a atleta olímpica Viviane Jungblut deu show nos 400m livre. A nadadora do Grêmio Náutico União alcançou índice com 4min09s52 e garantiu vaga no Mundial. Maria Paula Heitmann e Aline Rodrigues, da Unisanta e Minas Tênis Clube, respectivamente, vieram na sequência.

“Eu não imaginava esse índice nos 400m livre. Foi realmente uma surpresa. Agora todos podem esperar mais de 200% nos 800m e 1500m”, avisou Viviane.

Comentários

- Advertisment -spot_img

Últimas Notícias