HomeSeleção BrasileiraSub-20Sul-Americano Feminino Sub-20: Brasil estreia com vitória diante do Uruguai

Sul-Americano Feminino Sub-20: Brasil estreia com vitória diante do Uruguai

-

Seleção Feminina Sub-20 foi melhor nos 90 minutos e venceu as uruguaias com dois gols de Tarciane. A equipe volta a campo no próximo sábado para encarar a Bolívia

O Brasil estreou no com o pé direito no Sul-Americano Feminino Sub-20. Na noite desta quinta-feira, 7, em duelo disputado no Estádio Nicolás Chahuán Nazar, em La Calera (CHI), a Seleção Brasileira venceu o Uruguai por 2 a 0. No Grupo B da competição, a Canarinho terá pela frente nas próximas rodadas Bolívia, Equador e Paraguai.

Além de buscar o nono título do torneio, o Brasil quer carimbar uma das duas vagas rumo ao Mundial da categoria, que acontece na Costa Rica em agosto deste ano. 

O jogo

O Brasil propôs o jogo desde o apito inicial. Com menos de dois minutos de bola rolando, Luany fez boa jogada, mas esbarrou na marcação adversária. Na sequência, Analuyza teve duas grandes oportunidades, mas errou alvo. Ainda antes dos 15 minutos, em cobrança de falta ensaiada, Yaya recebeu na marca do pênalti e bateu rasteiro para a defesa da goleira Vanina. 

Insistindo no ataque, a Canarinho voltou a assustar com Luany e mais uma vez parou nas mãos da arqueira uruguaia. No rebote, Giovana mandou para o gol, mas a zaga adversária afastou o perigo em cima da linha.

O embate entre Luany e Vanina teve outros três capítulos antes do intervalo: por duas vezes, a goleira defendeu a finalização da camisa 7. E, depois de jogada bem trabalhada, a atacante tentou o cruzamento rasteiro para Giovana, que chegava livre para marcar, mas Vanina apareceu na hora certa para evitar mais uma tentativa brazuca. 

Depois das conversas nos vestiários, a Seleção manteve o domínio das ações. Tarciane, aos dois, levou perigo em cobrança de falta. Enquanto, Giovana, aos dez e aos 13, também assustou. Até que, aos 15, Analuyza foi derrubada dentro da área e com a bola na marca da cal, Tarciane abriu a contagem para o Brasil.

Menos de cinco minutos, após cobrança de escanteio, a zagueira artilheira subiu mais que a marcação e testou firme para fazer o segundo dela: 2 a 0. Do outro lado do campo, Barbieri pouco trabalhou, mas brilhou quando foi acionada e defendeu o arremate perigoso de Aquino, aos 32. Com boa vantagem no marcador, a Canarinho soube controlar o jogo para segurar o resultado até o apito final.

Brasil: Barbieri, Bruninha, Lauren, Tarciane (Pati), Ana Clara; Cris (Laura), Fernandes (Isabela), Yaya; Analuyza (Mileninha), Luany (Layssa) e Giovaninha. Técnico: Jonas Urias

Comentários

- Advertisment -spot_img

Últimas Notícias