HomeSem categoriaBrasil garante vaga da equipe para o Mundial e Flávia Saraiva leva...

Brasil garante vaga da equipe para o Mundial e Flávia Saraiva leva o individual geral

-

A campeã olímpica Rebeca Andrade fatura o ouro nas paralelas assimétricas e a prata na trave

A Seleção de Ginástica Artística Feminina alcançou o seu principal objetivo no Pan-Americano disputado na Arena Carioca 1 do Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro: a classificação para o Mundial de Liverpool, agendado para o fim de outubro. Havia cinco vagas em jogo, e a equipe nacional se classificou em primeiro lugar na fase de classificação, à frente de Estados Unidos, Canadá, Argentina e México. A decisão das medalhas será no domingo.

O Brasil conseguiu a primeira colocação com 1,5 ponto à frente dos Estados Unidos graças ao desempenho na trave. Nesse aparelho, o mais desafiador da modalidade, o Brasil teve os três melhores desempenhos individuais, com Flávia Saraiva, Rebeca Andrade e Julia Soares. Como apenas duas atletas de um mesmo país disputam uma final ou sobem ao pódio, Julia não ficou com o bronze.

Flávia Saraiva no pódio com o ouro do individual geral. Foto: Ricardo Bufolin/ CBG
Flávia Saraiva no pódio com o ouro do individual geral. | Foto: Ricardo Bufolin/ CBG

Flavinha, que passou por uma cirurgia no pé direito em agosto do ano passado, celebrou a retomada de sua vitoriosa carreira. “Estou muito feliz. Quero agradecer à comissão técnica e a todas as meninas porque foi difícil conseguir voltar da cirurgia. Eles viram todas as minhas dificuldades e estou muito feliz por estar competindo novamente”, afirmou Flávia, que conquistou a medalha de ouro no individual geral.

“É a primeira vez que ganho uma medalha de ouro num Pan-Americano”, disse a ginasta carioca. Nas paralelas assimétricas, Rebeca Andrade, que foi vice-campeã mundial no aparelho no Mundial de Kitakyushu, no Japão, no ano passado, foi campeã-panamericana, muito perto dos 15 pontos (14.967). Ela conseguiu uma boa vantagem sobre a vice-campeã, a norte-americana Zoe Miller (14.133).

“É muito bom ter a torcida aqui com a gente, eles passam muito carinho e a gente vê tudo o que significa para eles. Foi um orgulho enorme poder representar mais uma vez o meu país e integrar essa equipe com essas meninas fortes e guerreiras”, ressaltou Rebeca.

RESULTADOS

EQUIPES – FASE CLASSIFICATÓRIA
BRASIL – 161.967
EUA – 160.466
Canadá – 157.566
Argentina – 149.932
México – 149.799
Colômbia – 143.465
Chile – 142.468
Jamaica – 135.368

INDIVIDUAL GERAL
1º) Flávia Saraiva – BRASIL – 55.399
2º) Lexi Kay Zeiss – EUA – 54.199
3º) Skye Blakely – EUA – 52.933

SALTO
1º) Karla Boyd – Panamá – 13.333
2º) Natalia Cárdenas – México – 13.300
3º) Ahtziri Pérez – México – 13.266
7º) Christal Bezerra – BRASIL – 12.666

PARALELAS ASSIMÉTRICAS
1º) Rebeca Andrade – BRASIL – 14.967
2º) Zoe Miller – EUA – 14.133
3º) Sydney Turner – Canadá – 13.967
9º) Flávia Saraiva – BRASIL – 13.533
34º) Carolyne Pedro – BRASIL – 11.467
36º) Julia Soares – BRASIL – 11.200

TRAVE
1º) Flávia Saraiva – BRASIL – 14.433
2º) Rebeca Andrade – BRASIL – 14.067
3º) Lexi Zeiss – EUA – 13.400
4º) Julia Soares – BRASIL – 13.667
21º) Carolyne Pedro – BRASIL – 11.667

SOLO
1º) Kayla Dicello – EUA – 13.467
2º) Flávia Saraiva – BRASIL – 13.333
3º) Skye Blakely – EUA – 13.267
9º) Julia Soares – BRASIL – 12.533
13º) Carolyne Pedro – BRASIL – 12.200
14º) Christal Bezerra – BRASIL – 12.033

Comentários

- Advertisment -spot_img

Últimas Notícias