HomeTênis de MesaBrasil conquista todos os ouros femininos no Sul-Americano de tênis de mesa

Brasil conquista todos os ouros femininos no Sul-Americano de tênis de mesa

-

Carol Kumahara é campeã individual e vence nas duplas com Giulia Takahashi. Equipe já tinha faturado o título

Se alguém ainda tinha dúvidas sobre a evolução do tênis de mesa feminino do Brasil, o resultado do Sul-Americano de Tênis de Mesa, que terminou nesta quarta-feira, 27, em Pereira, na Colômbia, serviu como bom indicador. As quatro atletas que fizeram parte da equipe deram um show, sendo três delas muito jovens – Laura Watanabe (18 anos), Giulia Takahashi (17) e Beatriz Kanashiro (16). O país conquistou todos os ouros femininos do torneio e fez duas dobradinhas nas decisões no último dia.

Na final individual, a jovem Laura não se intimidou diante da experiente Carol Kumahara, 88ª no ranking mundial. Depois de um início de competição onde quase caiu na primeira fase, a atleta foi crescendo no torneio, eliminou Giulia Takahashi na semifinal e chegou confiante na decisão. 

Agressiva e dificultando a recepção da colega de equipe, ela dominou a mesa a partir da igualdade em três pontos e fechou a primeira parcial em 11 x 5. Carol passou a mostrar suas armas a partir da segunda parcial e dominou o duelo progressivamente até fechar em 4 a 1 (5/11, 11/7, 11/1, 11/8 e 11/5). Ela é a oitava brasileira a vencer o torneio na História. Anteriormente, Emiko Takatatsu (em três oportunidades), Nakma Cruz (duas vezes), Bartira Costa, Bruna Takahashi, Katia Kawai, Lee Yen Hua e Rosana Pupo faturaram esse título.

Experiência nas duplas

Pouco antes da decisão individual, o Brasil já havia feito uma dobradinha na final de duplas, onde Carol e Giulia Takahashi venceram Laura e Beatriz Kanashiro por 3 a 0 (11/7, 11/9 e 11/9). Nas semis, a parceria campeã superou as colombianas Cory Tellez e Manuela Echeverry por 3 a 1 (11/8, 11/13, 11/9 e 11/6), enquanto Laura e Beatriz bateram as argentinas Camila Kaizoji e Candela Molero pelo mesmo placar (12/10, 9/11, 15/13 e 11/5).

No total, o Brasil fechou o Sul-Americano com três medalhas de ouro, três pratas e quatro bronzes. Além dos títulos no individual e na dupla, o Brasil também havia conquistado o campeonato por equipes. Os três títulos femininos fizeram com que o técnico da equipe, Hideo Yamamoto, se mostrasse orgulhoso.

“Era uma incógnita, pois essa transição de juvenil para adulto é desafiadora. Para as jogadoras jovens foi importante pois, juntamente com a experiência da Carol, conseguimos levar o título nas três modalidades. Isso dará confiança de que o caminho está certo, pois os próximos desafios serão muito mais difíceis. Acredito no potencial desse time e tenho certeza de que com trabalho, disciplina, alegria e orgulho podemos dar muitas vitórias ao Brasil”, disse.

Comentários

- Advertisment -spot_img

Últimas Notícias